SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Arrastão e Mutirão da Dengue estarão no Algodoal amanhã, sábado, 14/01

13 de janeiro de 2023 • Felipe Poleti

Autor: Texto e Fotos: Felipe Poleti/CCS

Promovidas pelo Plano Municipal de Combate ao Aedes (PMCA), ligado ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde, as ações do Mutirão e Arrastão da Dengue deste sábado, 7/01, vão passar pelo bairro Algodoal. O objetivo das ações é o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana.

Amanhã, 14/01, as equipes do Arrastão da Dengue estarão na região do bairro Algodoal, das 8h às 14h e os agentes do Mutirão percorrerão a mesma região, porém, das 8h às 13h. Para as duas atividades o ponto de encontro será o Varejão do bairro (rua Vitório Laerte Furlan). A orientação do coordenador do PMCA. Sebastião Amaral Campos, o Tom, é para que os moradores deixem nas calçadas qualquer material que possa acumular água. Não serão recolhidos entulho, lixo doméstico e galhos de árvores.

Nesta mesma data ainda acontece o Mutirão nos corredores comerciais. Das 8h30 às 10h30, as equipes do PMCA estarão na região do Piracicamirim, na avenida Rio das Pedras, tendo como ponto de partida a choperia ao lado da rotatória.

De acordo com o banco de dados da Vigilância Epidemiológica, de 1 a 13/01 de 2023 foram registradas 55 notificações para a dengue com seis casos positivos e nenhum óbito. No mesmo período de 2022, foram 330 notificações, três casos confirmados e nenhum óbito.

Arrastão da Dengue acontece neste sábado, no bairro Algodoal

 

PREVENÇÃO – Alguns dos cuidados mais importantes para a prevenção da dengue são:

– Eliminar focos de água parada;

– Manter os pratos de vasos de flores e plantas com areia até a borda;

– Guardar garrafas com a boca virada para baixo;

– Limpar sempre as calhas dos canos;

– Não jogar lixo em terrenos baldios;

– Colocar o lixo sempre em sacos fechados;

– Manter baldes e caixa d’água devidamente tampados e piscinas com colocação de cloro;

– Não deixar acumular água em pneus;

– Furar latas de alumínio antes de serem descartadas para não acumular água;

– Lavar bebedouros de aves e animais pelo menos uma vez por semana;

– Em caso de suspeita da doença, entrar em contato imediatamente com a unidade de saúde mais próxima da residência e jamais utilizar medicação por conta própria.

‹ voltar