SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Concluída a fundação da Policlínica Gran Park/Vida Nova

25 de junho de 2020 • Romualdo Filho

Unidade de saúde beneficiará mais de 11 mil pessoas da região norte da cidade

As fundações da Policlínica Gran Park/Vida Nova, em construção na avenida Elias Gabriel da Silva, s/n, já estão concluídas. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, os próximos passos são a impermeabilização da fundação, execução da fundação do muro de divisa e construção do aterro interno da obra. A Policlínica irá beneficiar mais de 11 mil pessoas da região norte da cidade, residentes nos loteamento Vida Nova, Gran Park, Residencial Alto da Bela Vista, Raízes e Vale do Sol.

A unidade é construída pela Soluções Serviços Terceirizados Eireli Ltda, vencedora da licitação, e tem investimento de R$ 654.483,55, sendo R$ 204.283,55 com recursos municipais e R$ 450.200,00 do Governo Federal, via Caixa Federal, conquistados a partir de articulação do senador José Serra. Se considerado o valor de R$ 900.500,13, que estava previsto para o empreendimento, houve uma economia de 27,32% em relação ao valor contratado.

A Policlínica é construída nos moldes estabelecidos pelo Ministério da Saúde em um terreno de 1.276,76 metros quadrados, totalmente cercado e com disponibilidade para estacionamento de veículos para funcionários. Terá 308 metros quadrados de área construída. Além de sala de recepção ampla, sala para reuniões, banheiros masculino e feminino adaptados para ostomizados e deficientes físicos, sala odontológica e vários consultórios médicos (veja quadro).

A população da região do Gran Park é atendida na UBS Parque Piracicaba (Balbo), que não fica longe, mas exige a travessia da rodovia Geraldo de Barros, que liga Piracicaba a São Pedro. O prefeito Barjas Negri decidiu construir essa unidade tendo em vista três aspectos fundamentais: a segurança da população assistida, com a redução do deslocamento, o crescimento demográfico da região e o número de loteamentos populares, cujas famílias são as que mais precisam do poder público para que possam desenvolver um plano de prevenção em saúde”, explicou o secretário de Saúde, dr. Pedro Mello.

‹ voltar