SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Formação continuada garante qualidade no atendimento SUS

17 de outubro de 2019 • Romualdo Filho

A Rede de Atenção Básica tem mantido ano a ano um padrão permanente de treinamento e capacitação de suas equipes, respeitando sempre o calendário de campanhas de saúde pública como também avanços tecnológicos e conceituais em setores específicos, que exigem formação continuada. São atividades que envolvem todos os níveis de atendimento à população: enfermagem, farmacêutico, médico, administrativo e técnicos em geral.

Em 2017, por exemplo, foram capacitados 622 profissionais no mais diversos setores. Em 2018 foram 1.289. Neste anos, até julho apenas, houve treinamento para mais 2.132. Coincidentemente, temos quase que uma progressão geométrica para que as equipes mantenham em sintonia com os projetos da rede de saúde, que estão sempre se renovando.

Ao longo dos três anos apresentados, houve capacitação de enfermeiros para perícia com material genético, visando atender demanda da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São, Paulo, a manejo das principais doenças na gestação que impactam na mortalidade infantil, para médicos e enfermeiros.

Para as campanhas anuais do calendário do Ministério da Saúde, houve treinamento para diagnóstico de hanseníase, combate ao Aedes Egyti, Tuberculose, ISTs/AIDS, hipertensão, diabetes, vacinação contra a gripe, saúde mental, entre outros.

No setor de tecnologia e equipamentos, houve treinamento para o sistema eletrônico Olostech, manuseio de geladeiras para vacina, prontuário eletrônico, manuseio de eletrocardiograma, implantação de tablets para rastreamento e prevenção de câncer, agendamento de animais para vacinação antirrábica etc.

No plano administrativo e de gestão, houve treinamento de lideranças, excelência no atendimento, diálogo intersetorial com base em fluxograma e protocolo NASI, monitoramento de cobertura vacinal. Houve ainda diversos treinamentos específico para médicos, como atualizações em GO, antitabagismo, vascular, dermatologia, enfim.

Para o secretário de Saúde dr. Pedro Mello, a educação continuada é fundamental para se manter equipes capazes de enfrentas os problemas da saúde pública, com habilidade necessária para sanar eventuais problemas. “Somente com profissionais preparados temos condições de agir com rapidez sem perdermos a orientação fundamental para um bom desempenho à população, como temos feito”, concluiu.

‹ voltar