SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

.: Prefeitura assina novo convênio com HFC de R$ 4,4 milhões

26 de agosto de 2020 • Romualdo Filho
A Prefeitura de Piracicaba assinou nesta semana um novo convênio com o Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC), dentro do Programa Pró-Santa Casa II, válido para os próximos quatro anos, pelo qual o município vai transferir R$ 4,4 milhões no período, equivalente a R$ 1,1 milhão por ano, para o desenvolvimento de vários projetos de melhoria do atendimento aos usuários SUS.

O primeiro projeto desta quarta etapa do programa, já aprovado pela Comissão Intergestores Regional (CIR), será a modernização estrutural e substituição do aparelho de braquiterapia, do Centro de Oncologia (CEON), estimado em R$ 1,3 milhão. O serviço ofertado pelo HFC é fundamental no tratamento de câncer de endométrio e colo uterino e uma referência para todas as 26 cidades do DRS-X Piracicaba, composta por aproximadamente 1,5 milhão de pessoas.

Além da nova tecnologia, será feita a reforma da sala, com adequação da estrutura elétrica para o funcionamento do novo equipamento, ambientação e climatização do espaço, totalizando um investimento de R$ 1,6 milhão. Nas três etapas anteriores do Pró-Santa Casa II, foram reformados e modernizados os alojamentos SUS, ampliado e reformando o CEON, ampliado e reformado o Centro Integrado de Nefrologia (CIAN), e agora é a vez da aquisição do novo equipamento de braquiterapia.

De acordo com a diretoria do HFC, a substituição do equipamento é de extrema importância na promoção e continuidade dos tratamentos, bem como ampliação da oferta da braquiterapia pelo SUS. O secretário de Saúde, dr. Pedro Mello, explica que o Programa Pró-Santa Casa II tem dois aspectos importantes, uma vez que representa uma parceria entre o governo estadual e o município. A parte estadual, que representa 70% do total de recursos públicos do programa, é investido em cirurgias eletivas. A parte repassada pelo município, que corresponde aos outros 30%, vai para infraestrutura e modernização tecnológica do HFC. “Assim conseguimos a redução nas filas para as cirurgias eletivas no município e, ao mesmo tempo, a modernização da estrutura hospitalar com o que há de mais atual em tecnologia para atendimentos de alta complexidade”.

BRAQUITERAPIA – A Braquiterapia de Alta Taxa de Dose (HDR) é um tratamento que permite aplicação localizada e com maior dose de radiação, frequentemente indicada para o câncer de colo uterino e endométrio. A técnica é mais precisa que uma radioterapia externa por acelerador linear, pois transporta a radiação proveniente de uma fonte de irídio selada para o local da lesão através de aplicadores específicos. A Braquiterapia tem como vantagem a realização de tratamento ambulatorial, menor tempo de irradiação, menor tempo de imobilização, reprodutividade da distribuição da dose no volume alvo e otimização da dose nos órgãos críticos.

‹ voltar