SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Saúde promove capacitação sobre Diabetes Mellitus

22 de novembro de 2022 • Felipe Poleti

Autor: Texto e Fotos: Felipe Poleti/CCS

Hoje e amanhã, dias 22 e 23/11, a Secretaria Municipal de Saúde realiza capacitação sobre Diabetes Mellitus aos profissionais da rede SUS (Sistema Único de Saúde) de Piracicaba. A atividade integra a Campanha Nacional do Novembro Diabetes Azul, promovida pelo Ministério da Saúde, que traz como tema “Educar para proteger o futuro” e acontece nos períodos da manhã e tarde no anfiteatro do Centro Cívico.

Voltada exclusivamente para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam na rede de atenção básica – Crab (Centro de Referência da Atenção Básica), UBS (Unidade Básica de Saúde) e Programa Saúde da Família (PSF) –, os principais assuntos abordados são: contextualização do diabetes, funcionamento do serviço especializado no município, encaminhamentos, tratamento medicamentoso, insulina e abordagem nutricional para pessoas com diabetes.

Carina (Cadme) e Ana Paula (Cpan) durante palestra realizada na tarde desta terça-feira

Conforme explica a palestrante e enfermeira da Cadme (Clínica de Atenção à Doenças Metabólicas, Carina Samora, a capacitação dos profissionais é “extremamente importante”. “Ter um momento de troca de conhecimento entre os profissionais que atuam nos serviços que são a porta de entrada dos usuários no SUS é importante para que, assim, possamos proporcionar um atendimento eficiente e com cada vez mais qualidade para a população por nós assistida”, afirmou. Também ministram palestras a nutricionista Ana Paula Vioto e a endocrinologista Flávia Cortese.

Além do Cadme, a capacitação tem apoio das coordenações da Atenção Básica e Secundária, e do laboratório Astrazeneca, que atualmente introduziu medicamento Dapagliflozina para diabetes na farmácia de Alto Custo e no programa de Farmácia Popular. “A Diabetes Mellitus, por ser uma doença de alta prevalência mundial e trazer complicações relevantes se não controlada de forma adequada, é indispensável que os profissionais atualizem o conhecimento a cerca do tratamento”, completou Carina.

‹ voltar