SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Saúde realizou mais de 1,1 milhão de atendimentos em 2019

29 de janeiro de 2020 • Leandro Bollis

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou mais de 1,1 milhão de atendimentos médicos e mais de 29 mil internações em 2019. A Rede Municipal de Saúde atende pacientes SUS (Sistema Único de Saúde) e é formada por unidades da Atenção Básica (USF, UBS e CRAB), cinco unidades de Urgência e Emergência, sendo quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA), mais a Central de Ortopedia e Traumatologia (COT), que funcionam 24 horas, diversos centros de serviços especializados, dois hospitais conveniados (Hospital dos Fornecedores de Cana e Santa Casa), além do Hospital Regional Zilda Arns e o Ambulatório Médico de Especialidades (AME), que respondem pelo Governo do Estado.

Os atendimentos médicos incluem a Atenção Básica (313.247), Especialidades (141.309) e Urgência e Emergência (663.698). As internações hospitalares se referem a pacientes encaminhados para a Santa Casa, Hospital dos Fornecedores de Cana, Hospital Regional e AME. Juntos, esses hospitais receberam 29.258 pacientes SUS.

Os chamados procedimentos especiais ultrapassaram 1,5 milhão. Foram realizados pela Rede Municipal, 1.543.577 exames laboratoriais, raios-x, ultrassom, papanicolau, mamografia, tomografia e ressonância magnética.

Os atendimentos odontológicos no município foram 305.917. Já o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atendeu a nada menos que 28.129 chamados.

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) do município realizou a vacinação de 43.506 animais e a castração de mais 5.566, além de 3.012 atendimentos diversos que, somados, chegaram a 52.174 animais atendidos.

De acordo com o secretário de Saúde, o médico Pedro Mello, a crise financeira fez com que muitas famílias perdessem seus planos de saúde particulares e migrassem para o SUS, ampliando em cerca de 30 mil pessoas o volume de usuários da rede pública. Além disso, Piracicaba é referência para 10 cidades da microrregião e absorve demandas de toda a Rede Regional de Atenção à Saúde (RRAS 14), composta por 26 municípios do Estado. “Os números mostram que, mesmo diante desse quadro, a Administração vem cumprindo seu papel com atendimento de qualidade e sem distinção”, ressalta.

‹ voltar