SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Barjas Negri e Pedro Mello recebem novos médicos contratados pelo Programa Mais Médicos

31 de Janeiro de 2019 • Romualdo Filho

O prefeito Barjas Negri e o secretário de Saúde dr. Pedro Mello receberam na manhã de hoje (31/01) em seu gabinete os novos médicos de USFs (Unidade de Saúde da Família), contratados pelo governo federal, dentro do Programa Mais Médicos. São 22 profissionais que desde novembro de 2018 substituem os médicos cubanos. A equipe é composta por piracicabanos, oriundos de cidades da região e de outros estados.

O prefeito deu boas-vindas, disse estar feliz por terem escolhido Piracicaba para trabalhar e conversou sobre o tamanho da rede pública de saúde do município, após entregar a todos o Guia de Saúde de Piracicaba. “Temos mais de 100 portas de entrada só de Atenção Básica para atendermos a população, o que dá uma dimensão da nossa rede de saúde”, observou.

“O objetivo desse encontro é conhecer vocês. As USFs são extremamente importantes para que tenhamos um serviço de saúde pública de qualidade. Vocês são jovens e peço paciência para ouvir os problemas apresentados pelos pacientes, que afetam as famílias. São problemas diversos que precisam ser analisados e compreendidos para que possamos ajudar da melhor forma possível”, disse Barjas Negri.

O prefeito destacou também alguns índices da cidade que a colocam entre as melhores do pais para se viver, como a coleta e tratamento de 100% do esgoto, a boa cobertura da educação infantil, etc.

O secretário de Saúde dr. Pedro Mello disse contar com a colaboração de todos “para atingirmos a meta, de reduzir os custos do sistema e ampliar a qualidade. Para isso são realizadas capacitações permanentes na rede a fim de dar mais precisão no diagnóstico das patologias e ofertarmos o melhor serviço à comunidade”, enfatizou.

EDUCAÇÃO PERMANENTE — A reunião no gabinete se deu após uma palestra no Centro de Qualificação Profissional (CQP) sobre Hipertensão Arterial Sistêmica, proferida pelo médico Raul Sartini, cardiologista da Santa Casa e coordenador do Programa de Residência Médica em Cardiologia.

De acordo com a coordenadora de Atenção Básica, dra. Anay Ferrer, o treinamento faz parte do Programa de Educação Permanente que aborda temas de interesse para ampliar a compreensão sobre fatores epidemiológicos no município. “São conhecimentos sobre as principais patologias que precisam ser compartilhados para atualizar a equipe e organizar cada vez melhor a rede de atenção à saúde”, concluiu.

‹ voltar