SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE PIRACICABA

Encontro debate regulação de vagas hospitalares

28 de janeiro de 2013 •

O secretário municipal de Saúde, Luiz Roberto Di Giaimo Pianelli, participou na tarde de hoje (25) de um evento promovido pelo Departamento Regional de Saúde X (DRS-X) com o objetivo de discutir a implantação do complexo regulador da Rede Regional de Atenção à Saúde em Piracicaba.

Além do secretário, estiveram presentes o coordenador do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), Ariovaldo Marques, e a coordenadora de Enfermagem do órgão, Iara Varella Sendin. O encontro, realizado na sede da Associação Paulista de Medicina (APM) reuniu gestores dos municípios da região e representantes dos hospitais.

A diretora do DRS-X, Maria Clélia Bauer, afirmou que o mapeamento dos leitos existentes na região deve ter início em fevereiro. “A partir daí teremos condições de concentrar as informações nas centrais de regulação dos municípios, possibilitando com que a população seja atendida oportunamente e o mais próximo de sua casa”, disse.

O cronograma de implantação da regulação regional prevê ainda o treinamento dos profissionais envolvidos na utilização da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), vinculada à Secretaria de Estado da Saúde.
De acordo com Clélia, Piracicaba e a Baixada Santista serão as primeiras do Estado a contarem com uma regulação regional das vagas hospitalares.

Ariovaldo lembra que as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) são a universalidade, a integralidade e a hierarquização da atenção à saúde. “A regulação de todo o sistema de atenção à saúde irá permitir que essas diretrizes sejam cumpridas de maneira organizada e imparcial”, disse.

Para o médico, o mapeamento de disponibilidade da rede irá permitir uma utilização mais racional e a verificação dos pontos de estrangulamento para fazer as correções necessárias. “Um sistema que não é regulado funciona de maneira caótica e leva a um desperdício de recursos muito grande”.

‹ voltar